saltos ornamentais

Saltos ornamentais ou saltos para a água são os nomes dados ao conjunto de habilidades que envolve saltar de uma plataforma elevada ou trampolim em direção à água, executando movimentos estéticos durante a queda. É considerado um esporte de técnica plástica e flexível. Oriundo de um movimento natural do ser humano, o ato de saltar, o esporte limita as possibilidades a uma plataforma de dez metros de altura, tendo seis quesitos avaliados.

Seu principal aparelho é o trampolim, onde seus praticantes realizam seus treinamentos, que requer do saltador a destreza para utilizá-lo. Durante as competições, em virtude da complexidade de avaliação, vários árbitros são convidados a participar do julgamento, calcado em cinco etapas. Em matéria de movimentos, os saltadores contam com um vasto número de realizações, todos dentro das quatro posições básicas, além das entradas, feitas de frente, de costas, ou em giro, de ponta cabeça ou de pé. Como esporte misto, conta com três provas. Seus praticantes, chamados de saltadores ornamentais, precisam ter habilidades como força e flexibilidade, além de desenvolverem características como audácia, coragem, perseverança, autoconfiança e concentração.



Estilos de Natação



Bruços

Este é considerado o estilo mais antigo que existe. Ele consiste em o atleta estar com o peito virado para baixo e faz um movimento onde empurra os dois braços para a frente ao mesmo tempo e depois os abre, simultaneamente fazendo o mesmo com as pernas. Distâncias: 50m, 100m e 200m.

 

Crawl

Consiste em o nadador estas com o peito voltado para baixo e faz um movimento circular com os braços, alternando o esquerdo com o direito. As pernas fazem também um movimento sincronizado de baixo/cima alternadamente. Utilizado nas provas de Estilo Livre. Distâncias: 50m, 100m, 200m, 400m, 800m e 1500m.

Borboleta

Aqui o atleta impulsiona-se usando os dois braços em simultâneo, quase como fosse o movimento de estar a mergulhar. Os pés ficam juntos e fazem um movimento simultâneo de para baixo e para cima, parecido com a barbatana de um golfinho. Distâncias: 50m, 100m e 200m.

Provas de Estilos

Essas provas podem ser feitas individualmente ou por estafetas, na qual se utiliza todos os estilos a cada x metros e numa ordem pré-definida.

Piscina de NataÇÃo

As piscinas podem medir 2 comprimentos diferentes: 25 metros (piscina curta) ou 50 metros (piscina Olímpica). A única coisa que muda entre elas é apenas o comprimento.

A piscina deve ter 2 metros de profundidade e é dividida por raias ao longo de todo o seu comprimento, havendo uma distância entre elas de 2,5 metros representando assim a pista designada para cada nadador.

As margens laterais devem ter 50 centímetros entre o muro e a raia mais próxima.

Tem também de ter um bloco de partida para cada um dos nadadores, tendo a sua plataforma a pelo menos 50 centímetros do nível da água (até ao máximo de 70 centímetros) e a sua inclinação não pode ser superior a 10 graus.

Estas plataformas são um quadrado com 50 centímetros de lado e possuem material antiderrapante para que o nadador tenha uma partida sem problemas.

 

 

 

 

ÁRBITROS OU STAFF

A equipe de árbitros estabelecida pela Federação Internacional de Natação é um pouco extensa como vamos ver agora:

  • 1. Árbitro Geral:Responsável pelo desenvolver da corrida e tem a palavra final sobre qualquer decisão. Existem 2, um para masculinos e outro para femininos.
  • 2. Juiz de Partida:Este é o que assinala a partida com um sinal eletrónico. Aqui também existem 2, um para cada gênero.
  • 3. Juízes de Nado:Estes são 4 por corrida, 2 de cada lado da piscina e vão acompanhando os nadadores pela piscina a verificar se estes estão a nadar corretamente o estilo, sem erros ou falhas.
  • 4. Juízes de Volta:Existem 16 por corrida, cada um junto de uma das extremidades da pista do nadador (existem 8 pistas) para ver se este faz bem a viragem.
  • 5. Anotador:Este está numa sala especial a tomar conta dos resultados que mostram nos marcadores eletrónicos e as sinaléticas dos juízes.
  • 6. Juiz de corda de saída falsa:Responsável pela corda que esta situada a 15 metros da borda da piscina e que marca o local onde o nadador tem já de estar ao de cima da água. Se algum deles não cumprir este requisito na largada então a corda cai na água e é feita a largada de novo.